Lucro líquido do Grupo SURA aumentou 37,4% durante o primeiro semestre do ano de 2019

Medellín, setembro de 2019. O Grupo SURA. holding do Conglomerado Financeiro SURA-Bancolombia, presente no Brasil através da Seguros SURA, apresentou seus resultados financeiros no final do segundo trimestre de 2019, que evidenciam um aumento de 37,4% no lucro líquido acumulado em junho e totalizaram COP 950.715 milhões (US $ 298,1 milhões *). Isto é explicado principalmente pela recuperação da receita de retorno das próprias carteiras dos fundos de pensão e seguradoras, pela boa dinâmica comercial das subsidiárias e pelo avanço da receita pelo método de participação das coligadas. 

O lucro operacional aumentou 10,5 bilhões de COP (US $ 3.297,9 milhões), um aumento de 13,3%, maior que a variação das despesas totais, de 11,7%, e fechou em COP 9 bilhões (US $ 2.816,4 milhões).

“Observamos um crescimento nos lucros que reflete aspectos como o aumento do retorno da carteira, em linha com a recuperação dos mercados de capitais; maiores receitas de empresas associadas, especialmente Bancolombia e Proteção; enquanto as operações da Suramericana e SURA Asset Management na região estão progredindo com boa dinâmica comercial. Isso, apesar do impacto que algumas questões de negócios associadas a impostos, taxas de acidentes no EPS na Colômbia e ajustes de inflação na Argentina tiveram em alguns negócios“, afirma David Bojanini García, Presidente do Grupo SURA.

Desempenho das subsidiárias

A SURA Asset Management contribuiu para os resultados consolidados do Grupo SURA com um lucro líquido de COP 430,372 milhões (US $ 134,9 milhões), um crescimento de 48,1% em relação ao primeiro semestre de 2018. Destacam-se os avanços de 34% da receita operacional previdenciária obrigatória (negócios compulsórios) e de 19,1% no voluntariado, que inclui poupança e investimento para pessoas e a unidade de Gestão de Investimentos da SURA.

Em junho de 2019, esta subsidiária registrou 20,2 milhões de clientes e os ativos sob gestão (AUM) totalizaram COP 458 bilhões (USD 142.971 milhões **), com um aumento anual de 15,4%.

A subsidiária consolida sua posição de liderança no setor de previdência da América Latina e aprimora sua oferta de valor nos negócios de poupança e investimento. Os projetos em que a empresa investe buscam eficiências operacionais, impactam positivamente os níveis de atendimento ao cliente e melhoram os processos de investimento.

Por outro lado, as operações da Suramericana em nove países suportam um crescimento das receitas consolidadas em prêmios emitidos (12,3%) e para a prestação de serviços (21,9%). Além disso, a receita de investimentos cresceu 15,1% no primeiro semestre.

No entanto, o lucro líquido acumulado em junho de 2019 foi de 173.771 milhões de dólares americanos (54,5 milhões de dólares), um decréscimo de 33%, impactado por aspectos como: a maior taxa de acidentes do EPS na Colômbia, associada ao aumento de afiliadas e à situação do setor de saúde no país; IVA sobre as comissões de seguro de vida, também na Colômbia, em decorrência da Lei de Financiamentos; bem como ajustes para a inflação na Argentina, na receita de investimentos.

Na gestão da subsidiária, destaca-se a estratégia de desenvolvimento de mercado, com o lançamento da Empresa SURA, programa que busca ir além do seguro para entregar capacidades às MPMEs na América Latina.

Resultados da empresa holding

A partir da gestão do Grupo SURA, como uma empresa holding, o crescimento do lucro líquido foi impulsionado pelos resultados do Bancolombia y Protección, menores despesas com juros e uma variação positiva do efeito cambial, associado a hedging e diferenças cambiais de dívida.

Dessa forma, o Grupo SURA fechou o primeiro semestre do ano com patrimônio de 27,6 bilhões de COP (USD 8,612,4 milhões), 2,68% superior ao registrado no mesmo período de 2018, com avanço no processo de desalavancagem.

“Os resultados também mostram nosso foco na solidez financeira e na capacidade de investimento, uma das prioridades estratégicas do Grupo Empresarial. Destacamos a redução da dívida financeira individual do Grupo SURA: neste ano já amortizamos COP 265 bilhões e esperamos que no final de 2019 esse número alcance COP 330 bilhões, conforme projetado”, conclui Ricardo Jaramillo, Vice-Presidente de Finanças Corporativas do Grupo SURA.

* Números da Demonstração da Posição Financeira, à taxa de câmbio média do primeiro trimestre: COP 3,189.40.

** No primeiro trimestre fechando a taxa de câmbio: COP 3,205.67.

Sobre o Grupo SURA

Grupo de Inversiones Suramericana – Grupo SURA é a holding do Conglomerado Financeiro SURA-Bancolombia, presente em 11 países da América Latina e com foco estratégico em serviços financeiros: seguros, previdência, poupança, investimentos, gestão de ativos e bancários, através de controladas Suramericana e SURA Asset Management, e como principal acionista (não controlador) do Bancolombia. O Grupo SURA está listado na Bolsa de Valores da Colômbia (BVC) e está registrado no programa ADR-Level I nos Estados Unidos. É a única entidade latino-americana no setor de Serviços Financeiros Diversos e Mercado de Capitais incluída no Índice Dow Jones de Sustentabilidade Global (DJSI), que reconhece organizações com melhores práticas econômicas, sociais e ambientais. Em outros setores, a Companhia possui investimentos no Grupo Nutresa (alimentos processados) e no Grupo Argos (cimento, energia e concessões rodoviárias e aeroportuárias).

Sobre a Seguros SURA Brasil

A Seguros SURA chegou ao Brasil em 2016, como parte de um processo de expansão regional da companhia, que hoje está presente em 9 países da América Latina. Sua estratégia atual baseia-se em entregar bem-estar, competitividade e sustentabilidade, a partir da gestão de tendências e riscos, o que permite ampliar a visibilidade dos clientes para antecipar riscos e aproveitar as oportunidades do entorno. A Seguros SURA Brasil atua com foco em seguros de Bens pessoais e Pessoas, Seguro para Bicicletas, Transportes, Frotas de Automóveis, Seguros para Pequenas, Médias e Grandes Empresas (Vida em Grupo, Empresarial, Responsabilidade Civil e Frotas), além do Seguro Residencial. Ao todo, são mais de 300 funcionários distribuídos nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba, Campinas, Ribeirão Preto e Goiânia, que atendem todo o território nacional. A presença em mais estados cria vínculos e possibilidades para o entendimento do mercado e a geração de valor em todo o Brasil. Em 2018, a empresa foi reconhecida em 7º lugar dentre 100 como uma das melhores multinacionais para se trabalhar na América Latina, de acordo com o Instituto Great Place to Work (GPTW), além de 1ª companhia do setor de seguros do ranking. Para obter mais informações sobre a Seguros SURA, acesse o site: www.segurossura.com.br.

« Voltar para a página anterior